5 projetos na área de segurança são aprovados na Alepe

12 de fevereiro de 2015


PM PE

Com a votação dos projetos, a possível greve da PM foi descartada

Por Roberto Gonçalves

A segurança pública, certamente, é o calo mais incomodo no pé do governador Paulo Câmara neste primeiro mês a frente da gestão do estado, e um reflexo disso é que foi aprovado um pacote, na tarde dessa quarta, com cinco projetos de lei na Assembleia Legislativa de Pernambuco, de autoria do executivo, todos na área de segurança.

O PL 25 de 2015 aumentou os bônus dados aos policiais militares e civis pela apreensão de armas. Os valores variam entre 700 e 2 mil reais.

O mês passado foi o primeiro janeiro desde que o programa pacto pela vida foi instalado, em 2007, que houve aumento no número de crimes violentos em comparação com o janeiro anterior, foram mais de 300 assassinatos em Pernambuco.

Algumas entidades da polícia civil falam em esgotamento e falência do programa carro-chefe do PSB. De olho nesse falado desgaste, foram aprovados os projetos de lei de número 24 e 26 de 2015, que criam a gratificação pacto pela vida aos policiais e buscam reduzir a criminalidade no estado através de premiações.

Outros dois projetos, que completam os cinco do executivo votados na plenária, tratam das reivindicações da polícia militar. Um deles, o PL 27 estipula promoções em massa de mais de cinco mil PMs.

Os projetos foram votados depois que o governo se viu ameaçado a enfrentar uma greve da Polícia Militar durante o carnaval e perder sua peça principal do esquema de segurança da folia. Em uma assembleia confusa na terça-feira, depois do anúncio das promoções, entidades de policiais militares garantiram que não haverá greve no carnaval.

COMENTÁRIOS

Facebook

Receba Novidades