Advogada Catta Preta abriu empresa em Miami

31 de julho de 2015


Beatriz_Catta_Preta_Documento

Beatriz Catta Preta e o documento de abertura da empresa na Flórida. Foto: Paulo Liebert/AE

Por Claudio Humberto/Diário do Poder

A CPI da Petrobras alegou dificuldade em notificar a advogada Beatriz Catta Preta para depor. A pretendida convocação é uma retaliação de parlamentares ligados a Eduardo Cunha, que atribui a ela a delação de Júlio Camargo, que o acusa de exigir propina de US$ 5 milhões. Talvez Beatriz pudesse ter sido encontrada em Coral Gables, Miami (EUA), onde, com o marido Carlos, constituiu em outubro de 2014 empresa Catta Preta Consulting LLC, segundo documentos obtidos pela coluna. Ela acaba de retornar de férias em Miami,com a família.

Beatriz Catta Preta anunciou em entrevista a decisão de abandonar a profissão para preservar a segurança da sua família. Ele diz sentir-se ameaça, em perigo, e perseguida por parlamentares da CPI da Petrobras ligados ao presidente da Câmara.

A OAB tem razão, ao protestar contra a convocação de advogados por CPIs. Eles não podem revelar os segredos de clientes e ex-clientes.

Presidente do STF, Ricardo Lewandowski criticou a CPI e autorizou Catta Preta a preservar a relação com clientes, mesmo depondo na CPI.

Criminalista competente e pragmática, Beatriz Catta Preta defendeu réus que mudaram a historia da Lava Jato, com suas delações.

COMENTÁRIOS

Facebook

Receba Novidades