Caso Marielle: polícia faz nova operação para cumprir mandados de busca e apreensão

13/03/201908h:47 por

Agentes da Divisão de Homicídios (DH) da Polícia Civil do Rio de Janeiro fazem uma nova operação, na manhã desta quarta-feira (13), para cumprir mandados de busca e apreensão no caso da morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

No início da manhã, os agentes do Ministério Público e da Polícia Civil faziam buscas na casa do bombeiro Maxwell Simões Correa, conhecido como Suel, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste da cidade.

Nesta terça (12), a polícia prendeu o PM reformado Ronnie Lessa e o ex-PM Élcio Vieira de Queiroz. Ronnie é apontado como autor dos disparos que mataram a vereadora e o motorista e Élcio teria dirigido o Cobalt que ficou de tocaia em um endereço onde a parlamentar participou de um evento na noite que foi morta e a seguiu até o Estácio, onde a vereadora e o motorista foram executados.

Segundo as investigações, Ronnie fez pesquisas na internet sobre locais que a vereadora frequentava. Os investigadores sabem ainda que, desde outubro de 2017, o policial também pesquisava a vida de Freixo.

Do G1