Com seca, 56 municípios do Sertão de PE estão em estado de emergência

14 de outubro de 2015


Governador assinou decreto na quinta (8) e foi publicado no Diário Oficial.
Segundo Apac, os reservatórios do Sertão estão com 6% da capacidade.

Do G1 Petrolina

asasasaa

Estrada que liga Terra Nova e Cabrobó em Pernambuco (Foto: Gabriely Souza/Arquivo pessoal)

Devido à estiagem, foi decretada situação de emergência em 56 municípios do Sertão de Pernambuco. O decreto Nº 42.222 foi assinado na última quinta-feira (8) pelo governador Paulo Câmara e publicado no Diário Oficial de Pernambuco na sexta-feira (9).

Entre as cidades relacionadas que estão sendo afetadas pela seca estão Afrânio, Araripina,Belém do São Francisco, Cabrobó, Cedro,Dormentes, Exu, Granito , Lagoa Grande,Moreilândia, Orocó, Ouricuri, Parnamirim,Petrolina, Salgueiro, Santa Filomena, Santa Maria da Boa Vista, Serrita, Terra Nova,Trindade e outros 36 municípios pernambucanos.

A decisão permanece em vigor 180 dias. A iniciativa é importante para que não haja interrupção dos programas sociais e da assistência humanitária, desenvolvidas tanto pelo Governo do Estado, como pelo Governo Federal.

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), nos meses de outubro e novembro não vão ocorrer chuvas significativas, apenas devem surgir no mês de dezembro, que é a estação chuvosa do Sertão. O fenômeno El Niño provoca efeitos no Semiárido, inibindo as chuvas.

Ainda segundo a Apac, os reservatórios do Sertão devem continuar baixos com a falta de chuvas. Atualmente,  estão com 6% da capacidade em total de acumulação, ou seja, somando todos os reservatórios do Sertão, ele está com 6%. Nos últimos quatro anos, os números vêm caindo consideravelmente.

COMENTÁRIOS

Facebook

Receba Novidades