Luan Santana fala da polêmica de seu aplicativo

9 de junho de 2017


Luan Santana lançou o aplicativo App Luan, mas logo de cara teve dor de cabeça. Disponível para I0S e Android gratuitamente, o aplicativo causou um certo desconforto para alguns fãs. A polêmica aconteceu porque existe uma assinatura mensal de US$ 2,99.0 (em dólar), onde o internauta vai comprando estrelas para se tornar um “super fã”. Dessa forma, alguns fãs se sentiram meio deslocados por não terem dinheiro para comprar tantas estrelas. O cantor conversou com o colunista Leo Dias e explicou. “Todos os meus fãs são “super fãs” pra mim. É apenas o nome escolhido pelos desenvolvedores do app para a área Premium, que ganha conteúdos adicionais. Eu propus de mudar o nome apenas para Área do Assinante e ponto. Ninguém é menos ou mais fã por pertencer a essa área. Quem está de fora não conhece essa relação que o fã tem com o ídolo. Um título não é nada. O app é gratuito, as estrelas, a princípio, têm a função de turbinar um post ou comentário dentro do aplicativo. E quem não quiser comprar, também pode ter estrelas. Quanto mais usa, mais ganha. Eu respondo sem distinção, fãs com uma estrela e fãs com cem estrelas. A cada três posts, um é para área paga. O aplicativo envolve uma equipe por trás e através de recursos como esse, ele se mantém. Existem desenvolvedores e muito planejamento por trás de uma plataforma como essa. Meus fãs gostaram da novidade, estão comentando comigo onde me encontram. Eu sempre fui aberto para o novo e, dessa vez, não foi diferente”.

Fonte: R7

COMENTÁRIOS

Facebook

Receba Novidades