Menino que mudará de gênero e nome faz planos: ‘Quero ter marido e 3 filhas’

13 de fevereiro de 2016


meninogenero346.jpg

Criança de 9 anos disse que se sentia triste quando tinha que se vestir como menino (Foto: Reprodução/ TVCA)

Do G1 MT 

Vestida como menina e cercada de casinhas e bonecas, a criança de 9 anos que conseguiu na Justiça o direito de realizar a mudança de gênero e de nome no documento afirma que já projeta o futuro e diz que pretende ter um marido e ter três filhas. A menina, que mora com a família em Sorriso, município a 420 km de Cuiabá, revela que tem medo que as amigas não aceitem sua condição.

A família da menina conseguiu o direito à alteração dos documentos  com base numa sentença dada pelo juiz Anderson Candiotto, da 3ª Vara da Comarca de Sorriso, no dia 28 de janeiro. O magistrado entendeu que a decisão “foi dada para garantir que a criança, assim como ela se vê na sua individualidade e na sua orientação feminina, seja respeitada e tratada de forma como é”. A decisão é inédita no Brasil.

Todo o processo de mudança foi acompanhado por psicólogos e especialistas. Antes de ingressar na Justiça, a família levou a menina para acompanhamento com especialistas do Ambulatório de Transtorno de Identidade de Gênero e Orientação Sexual do Núcleo de Psiquiatria e Psicologia Forense do Instituto de Psquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). Na unidade, os médicos psiquiatras constataram o transtorno de identidade sexual.

A menina gosta de pintar as unhas, usar saias, vestidos e sapatilhas. Ela conta que não se sentia bem quando era tratada como menino. “Eu não gostava. Não me sentia bem. Ficava muito triste”, relata. Ela diz que não sentia bem com as atividades esportivas da escola porque, entre outras coisas, não gostava de futebol.

Entre os sonhos dela está trabalhar em um canal de televisão e cursar design. A criança fala até sobre a vontade de constituir uma família, que será composta pelo “esposo e três filhas meninas. Os nomes delas serão Sofia, Camile e Priscila”.

COMENTÁRIOS

Facebook

Receba Novidades