PRF reforça fiscalização nas estradas do Sertão durante a Semana Santa

24 de março de 2016


Operação começa nesta quinta-feira (24) e segue até o domingo (27).
PRF fará fiscalização itinerante com uso de radar móvel e etilômetros.

Taisa Alencar

Do G1 Petrolina

prf-petrolina

‘Operação Semana Santa’ começa na quarta-feira (24) e termina no domingo (27) (Foto: Taisa Alencar / G1)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), vai intensificar as ficalizações nas rodovias a partir da meia noite desta quinta-feira (24). A ação faz parte da ‘Operação Semana Santa’ que vai contar com o apoio de 39 policiais e seis viaturas, trabalhando de forma itinerante na BR-407 e BR-428, que cortam a cidade de Petrolina, no Sertão de Pernambuco.  O trabalho segue até a meia noite do domingo (27).

Na BR-407, a fiscalização começa em Afrânio e termina na Ponte Presidente Eurico Gaspar Dutra, que liga as cidades de Petrolina e Juazeiro. Já na BR-428, os policiais farão blitz no trecho que vai de Orocó a Petrolina. “Nós não trabalhamos com pontos de bloqueio fixo e nem divulgamos onde vamos esta para que os condutores não furem o bloqueio. Nós deslocamos a viatura para os locais adequados, com maior número de veículos, passamos um período abordando o maior número de carros possível e vamos para outro ponto”, explica o inspetor chefe da 6ª delegacia da PRF Paulo Lima.

Para auxiliar no trabalho dos policiais, a PRF estará com radar móvel e etilômetro. “Vamos utilizar o radar para verificar aqueles condutores que estão trafegando acima da velocidade permitida, porque ele consegue fotografar. E vamos coibir a ingestão de bebida alcoolica, na Zona Urbana e Zona Rural usando o etilômetro”, disse Paulo Lima.

As ultrapassagens em locais proibidos também serão alvo da ‘Operação’. “Essas ultrapassagens são responsáveis pela maioria dos acidentes graves com vítimas e com maior número de mortes. Então, nós identificamos os locais com maior incidência desse tipo de infração para fazer a fiscalização. Alertamos os condutores para que não façam ultrapassagem onde tem sinalização proibindo. Ele pode ser flagrado e além da multa de R$ 1.915, perde sete pontos na carteira”, enfatiza o inspetor.

Para quem vai pegar a estrada, é importante verificar se os documentos de porte obrigatório do veículo e do condutor estão em dia, além dos equipamentos de segurança. “A infração tem valor pequeno, mas se o motorista for pego, o veículo fica retido. Se estiver na estrada, vai ter que interromper a viagem por falta de documento. O cinto de segurança também é obrigatório para todos os passageiros e as crianças devem está no bebê conforto, na cadeirinha ou no assento elevatório, de acordo com a idade, fazendo a função de proteger’, explica Lima.

O inspetor chefe da PRF destaca ainda que é importante programar a viagem. “Deve ser feito um roteiro, programando tudo, até mesmo para levar em consideração o consumo do combustível. A bagagem deve ser organizada de forma que fique tudo acomodado porque um objeto solto pode causar um acidente grave.  E, prestar atenção também nos animais soltos nas rodovias. Vamos trabalhar com a captura desses animais, mas o trabalho em conjunto é importante”, esclarece Paulo Lima.

COMENTÁRIOS

Facebook

Receba Novidades