Rio tem coleta de lixo reduzida nesta sexta após anúncio de greve de garis

13 de março de 2015


TRT determinou o fim imediato da greve sob pena diária de R$ 100 mil.
Garis querem um aumento salarial de 47,7%.

Do G1 Rio

lixo_vale

O Rio amanheceu nesta sexta-feira (13) com coleta de lixo reduzida. Em assembleia realizada na quinta-feira, os garis decidiram entrar em greve a partir das 24h. Uma decisão da Justiça do Trabalho tomada durante a madrugada definiu o fim imediato da greve dos garis, sob pena de multa diária de R$ 100 mil para o sindicato que representa a categoria.

O órgão afirmou que a decisão tem relação com o descumprimento do prazo de 72 horas de aviso prévio para iniciar a paralisação. O Tribunal Regional do Trabalho determinou ainda o reforço policial nas garagens e superintendências da Comlurb para que nenhum trabalhador seja intimidado.

Na madrugada desta sexta, um cartaz na porta da gerência da Comlurb em Botafogo anunciava a greve e carros da PM e Guarda Municipal estavam de prontidão no local.

O Sindicato dos Empregados de Empresas de Asseio e Conservação querem um aumento salarial de 47,7% e um reajuste no vale-alimentação de R$ 20 para R$ 27 por dia. A Comlurb ofereceu um aumento de 3%.

A Comlurb e o sindicato não sabiam informar até as 6h15 o número de funcionários que aderiram a greve, mas a empresa de coleta de lixo afirmou que o serviço estava sendo realizado de forma reduzida na manhã desta sexta.

A equipe do Bom Dia Rio não encontrou nenhuma realizando a limpeza na região da Central do Brasil, no Centro. Às 7h já era possível encontrar lixo acumulado.

A negociação entre a Companhia e o sindicato tem até o dia 31 de março para ser concluída. Até esta data todos os trabalhadores devem voltar aos trabalhos, decidiu a Justiça.

COMENTÁRIOS

Facebook

Receba Novidades